TRE/AL lamenta a morte do desembargador José Agnaldo de Souza Araújo, ex-presidente

O magistrado presidiu o Regional alagoano por duas vezes, nos biênios 1997 a 1999 e de 1999 a 2001.

Nota Pesar José Agnaldo

A Presidência do Tribunal do Regional Eleitoral de Alagoas (TRE/AL) e a Corregedoria Regional Eleitoral (CRE) lamentam o falecimento do desembargador aposentado José Agnaldo de Souza Araújo, de 88 anos, ocorrido nesta terça-feira, 13 de julho. O magistrado presidiu o Regional alagoano por duas vezes, nos biênios 1997 a 1999 e de 1999 a 2001.

O desembargador José Agnaldo era pai do desembargador Fábio José Bittencourt Araújo, que recentemente ocupou a vaga de desembargador eleitoral substituto. Ele ingressou na magistratura em 1960, tendo atuado nas comarcas de Batalha, Traipu, Penedo, São Luís do Quitunde e Maceió.Em 1979, foi promovido pelo critério de antiguidade para o cargo de desembargador do TJAL, onde ficou até 2002.

Últimas notícias postadas

Recentes

TRE esclarece: eleição suplementar em Campo Grande teve 27 seções eleitorais, com 23 urnas eletrônicas.

O Tribunal Regional Eleitoral de Alagoas (TRE/AL), através do Núcleo Permanente de Combate à Desinformação, esclarece que, na eleição suplementar de Campo Grande, houve 27 seções eleitorais, contudo, em virtude do baixo número de eleitores, quatro delas, quais sejam, a 149, 150, 151 e 158 foram agregadas à seção 156, de modo que, na referida eleição, funcionaram efetivamente 23 urnas eletrônicas,

NOTA PÚBLICA - COPTREL

O Colégio de Presidentes dos Tribunais Regionais Eleitorais do Brasil - COPTREL, em razão dos últimos acontecimentos, vem a público manifestar solidariedade aos Ministros do Egrégio Supremo Tribunal Federal e às suas famílias.