TRE-AL ganha Selo Justiça em Números na categoria prata

TRE-AL ganha Selo Justiça em Números na categoria prata

Selo Prata

O Tribunal Regional Eleitoral de Alagoas (TRE/AL) recebeu o Selo Justiça em Números 2018, concedido pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ), na categoria prata, durante o XII Encontro Nacional do Poder Judiciário, que está acontecendo na cidade de Foz do Iguaçu, no Paraná.

Representando o Regional alagoano, estavam presentes o desembargador José Carlos Malta Marques, presidente do TRE/AL, o diretor-geral, Maurício Omena, e o assessor de planejamento e gestão estratégica, Ney Palma. O Selo reconhece o investimento das instituições do Judiciário em gestão da informação e no cumprimento de normas de transparência.

Para o presidente do TRE alagoano, a outorga do Selo Prata é o reconhecimento do empenho e trabalho arrojado e dedicado de todo o corpo técnico que compõe a Justiça Eleitoral alagoana, objetivando o cumprimento das metas estabelecidas pelo CNJ. “Esse reconhecimento é um importante estímulo para que continuemos trabalhando juntos com toda dedicação, esforço e compromisso no cumprimento das metas”, pontuou o desembargador Malta Marques.

O Selo é concedido pelo CNJ desde 2014 aos tribunais que mais investem na excelência da produção, gestão, organização e disseminação de suas informações administrativas e processuais, com o objetivo de fomentar a qualidade dos dados estatísticos do Judiciário, sobretudo referentes ao Relatório Justiça em Números.

Últimas notícias postadas

Recentes

Justiça Eleitoral lança página web dedicada ao Jovem Eleitor

Desenvolvida pela Assessoria de Comunicação do Tribunal Superior Eleitoral (Ascom/TSE), e inspirada nos aplicativos de mensagem, a interface, que foi ao ar nesta terça-feira (26/11), traz respostas às perguntas mais frequentes sobre a emissão do título de eleitor feitas pelos jovens por meio dos perfis da Justiça Eleitoral no Twitter, Instagram e Facebook.

Juristas do TRE/AL participam de evento em Goiânia

O evento tem como anfitriões o Tribunal Regional Eleitoral de Goiás (TRE/GO), A Ouvidoria Regional Eleitoral e a Escola Judiciária Eleitoral de Goiás, além do Colégio Permanente dos Juristas da Justiça Eleitoral – COPEJE.