Magistrada Maria Valéria Lins Calheiros toma posse como desembargadora eleitoral efetiva do TRE/AL

A juíza ocupa a vaga deixada pelo também magistrado Orlando Rocha Filho, que despediu-se no começo de fevereiro.

Posse Maria Valéria 2

Chego a esta Casa com a qual muito me identifico em momento muito especial da minha carreira. Encaminho-me para uma última jornada de trabalho na magistratura. Felizes aqueles que conseguem alcançar esta façanha e não ficam pelo caminho. Durante a caminhada as dificuldades se apresentam, mas a sabedoria, a sensatez, a razoabilidade e o espírito voltado ao bem e ao amor são capazes de apontar as soluções. É assim como me posto no dia a dia e é assim que darei nesta Casa na procura incansável de somar e fazer Justiça”.

Foi com essas palavras que a magistrada Maria Valéria Lins Calheiros deu início ao seu discurso de posse como a mais nova desembargadora eleitoral do Tribunal Regional Eleitoral de Alagoas (TRE/AL), na manhã desta sexta-feira (21), durante solenidade que reuniu magistrados, amigos e familiares no auditório do Tribunal. A juíza ocupa a vaga deixada pelo também magistrado Orlando Rocha Filho, que despediu-se no começo de fevereiro.

A nova desembargadora eleitoral foi conduzida ao auditório pelo vice-presidente e corregedor regional eleitoral, desembargador Otávio Leão Praxedes, e o primeiro discurso em sua homenagem foi proferido pelo presidente do TRE/AL, desembargador Pedro Augusto Mendonça de Araújo.

“Seus predicados e qualidades são tantos que passaria o dia todo a decliná-los, mas me deterei em três. Maria Valéria Lins Calheiros é sinônimo e representa, em sua grandeza e plenitude, três características: é uma pessoa amiga, leal e extremamente competente. A sua trajetória, para antes da magistratura, demonstra o que é a força e a abnegação de uma mãe”, destacou o desembargador Pedro Augusto Mendonça de Araújo.

Coube ao desembargador eleitoral Paulo Zacarias da Silva fazer a saudação de boas vindas, em nome dos demais integrantes do Pleno, à magistrada, que atual por um biênio como substituta do TRE/AL, inclusive integrando a Comissão de Propaganda Eleitoral do último pleito. Segundo ele, foi uma honra imensa saudar a única mulher a compor o Pleno da Justiça Eleitoral em Alagoas.

“A nova fase na carreira profissional da juíza Maria Valéria merece ser muito comemorada, porque essa Corte recebe uma grande profissional, uma grande brasileira e uma grande mulher. Esta juíza a prova marcante de que a doçura, a delicadeza e a boa educação não retira da mulher a disposição para ser dura quando necessário, para ser forte como a vida exige e para ser ética como a sociedade pede e espera de todos que exercem a jurisdição”, enfatizou Zacarias.

“A Justiça Eleitoral terá muito a lucrar com a presença experiente da Dra. Valéria”

O juiz Orlando Rocha Filho, que integrou o Pleno do Tribunal e atualmente é diretor da Escola Judiciária Eleitoral (EJE), ocupou a Tribuna do plenário e destacou que “a Justiça Eleitoral, por ser um segmento dos mais importante na construção e consolidação da democracia, terá muito a lucrar com a presença da experiente desembargadora dentre os seus integrantes em caráter de titularidade”.

A solenidade de posse foi encerrada com o discurso emocionado da juíza Maria Valéria Lins Calheiros, que dirigiu-se, especialmente, às suas três filhas e ao seu neto. A nova desembargadora eleitoral falou, ainda, da importância da Justiça Eleitoral no Brasil, como instituição que garante o exercício do poder do voto pelo povo.

“Aqui estou para cumprir um breve período de trabalho em prol dos mais relevantes e importantes objetivos deste Tribunal. Somarei, indiscutivelmente, e serei sempre atenta e grata pela paciência que todos puderem me dispensar. Prometo perseguir o acerto e terei humildade suficiente para recuar quando não for melhor a opção por mim pretendida para a solução dos conflitos, sobretudo no exame criterioso das demandas submetidas a julgamentos por esta Corte de Justiça”, finalizou Maria Valéria Lins Calheiros.

Últimas notícias postadas

Recentes